SEGURANÇA PÚBLICA Na opinião de Maurício Campos, engenheiro e membro da Rede de Comunidades e Movimentos Contra a Violência, o que está ocorrendo hoje, no Rio de Janeiro, é a divisão da cidade em diferentes regiões, onde inclusive o tipo de ação policial e de segurança pública é diferente. "Na zona sul faz se um tipo de policiamento, e nas áreas pobres se faz outro, a mesma de confronto que sempre existiu". Por Tatiana Merlino

FUTEBOL Em entrevista, Marcos Alvito, um dos idealizadores da Associação Nacional dos Torcedores (ANT), fala sobre o potencial pedagógico e transformador que o futebol pode ter se não expropriado somente para fins mercadológicos. Por Débora Prado

RIO DE JANEIRO A Caros Amigos buscou diferentes avaliações para aprofundar os debates necessários. Confira entrevistas com o deputado estadual Marcelo Freixo, o Delegado de Polícia Orlando Zaconne e com o cientista político e juiz de direito da Associação Juízes para a Democracia (AJD) João Batista Damasceno.

SEGURANÇA PÚBLICA Em entrevista, o Delegado de Polícia Orlando Zaconne, diretor da Polinter, alerta:"precisamos evitar que o Estado Policial se sobreponha ao Estado de Direito". Se perdermos esse norte e autorizarmos o estado de exceção para essas comunidades, ele vai crescer e não vai ficar só restrito às comunidades. E mesmo que fique, não tem porque admitir que quem vive nessas comunidades viva sob toque de recolher". Por Tatiana Merlino

DEBATE As ações repressivas da polícia - desde a última semana de novembro, o descaso do poder público que não garante direitos essenciais e a espetacularização da mídia contribuem para a criminalização da pobreza em curso no Brasil. A avaliação desta conjuntura foi o foco do debate "Combate ao Narcotráfico ou Criminalização da Pobreza?". Por Flavia Alli

SEGURANÇA PÚBLICA Para João Batista Damasceno, cientista político e juiz de direito da Associação Juízes para a Democracia (AJD), a reação do Estado brasileiro aos ataques de violência no Rio de Janeiro foi feita toda “à margem da legalidade”. “O Estado perdeu a superioridade ética ao tomar como referência a atuação daqueles que estão fora da lei”. Por Tatiana Merlino

DIREITOS HUMANOS Relatório lançado nesta semana aponta que país ainda está longe de garantir direitos básicos como educação e acesso à terra. Situação é agravada com casos de tortura, trabalho escravo e violência às mulheres. Por Raquel Júnia

Mais artigos...

Sub-categorias

Correio Caros Amigos

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
×