Editorial: somente eleições diretas podem pacificar a Nação

Política
Typography

 

Editorial: Somente eleições diretas podem pacificar a Nação

PUBLICIDADE
,
PUBLICIDADE

Este momento de profunda crise política e institucional pelo qual passa o País exige uma única direção: o aprofundamento da democracia e a decisão soberana dos cidadãos. Para qualquer outra decisão, mesmo a de seguir o rito da Constituição, o que seria eleição indireta, não há sustentação política para um Congresso – e mesmo um Judiciário – há muito desmoralizados e lançados em um balcão de negociatas desde o processo e impedimento da presidente Dilma Rousseff. Não haverá pacificação da Nação, aturdida pela ciranda de denúncias de corrupção e manipulações, nem equilíbrio institucional se a decisão dos rumos do País não vier da própria sociedade, pois que a moral e representatividade do Congresso evaporaram-se há muito tempo. Não há solução em uma eleição indireta, conforme prevê o rito constitucional; haverá mais crises e desconfianças. Por esta avaliação, desde já, Caros Amigos se posiciona ao lado da decisão soberana na Nação: eleições diretas para recompor a sustentação política e social de qualquer governo.

Artigos Relacionados

Janot tem cinco dias para apresentar denúncia contra Temer ou arquivar inquérito Janot tem cinco dias para apresentar denúncia contra Temer ou arquivar inquérito
CORRUPÇÃO A partir da intimação, a Procuradoria-Geral da República terá prazo, previsto...
Deputados da oposição e até governistas acusam Alckmin de tentar comprar votos Deputados da oposição e até governistas acusam Alckmin de tentar comprar votos
SEM DISFARCE Com dificuldade para aprovar projetos de seu interesse na Assembleia Legislativa,...
Triplex do Guarujá está vinculado à Caixa, mostra defesa de Lula Triplex do Guarujá está vinculado à Caixa, mostra defesa de Lula
PROVAS Para advogados, condenação de ex-presidente tornou-se inviável juridicamente com a...

Leia mais

Correio Caros Amigos

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
×