Julho 7, 2022

CAROS AMIGOS, FUTEBOL AO VIVO, TV E NOTÍCIAS

CAROS AMIGOS, ESPORTES AO VIVO, REALITY SHOW E NOTÍCIAS EM GERAL

LAUDO DE MULHER QUE SE RELACIONOU COM MENDIGO REVELA VERDADE SOBRE ESTADO DE SAÚDE MENTAL: 'NORMAL?'

3 min read
LAUDO DE MULHER QUE SE RELACIONOU COM MENDIGO REVELA VERDADE SOBRE ESTADO DE SAÚDE MENTAL: 'NORMAL?'

LAUDO DE MULHER QUE SE RELACIONOU COM MENDIGO REVELA VERDADE SOBRE ESTADO DE SAÚDE MENTAL: 'NORMAL?'

Esse caso aconteceu na semana passada, e foi um personal trainer que agrediu gravemente fisicamente um morador de rua, após flagrar o morador de rua tendo uma relação íntima com a sua esposa dentro do carro.

Foi em Planaltina, que fica no Distrito Federal, que isso aconteceu, e as cenas do personal trainer agredindo o morador de rua, foram captadas por uma câmera de segurança, e aparece nitidamente Eduardo Alves fazendo a agressão contra o morador de rua, e viralizou completamente na internet e nas redes sociais.

Uma das versões dessa história, seria que a esposa de Eduardo Alves estaria em surto psicótico, e por isso teria tido a relação íntima com o morador de rua, após ter feito uma ação juntamente com a igreja evangélica, que ela estava frequentando a poucos dias.

Porém nessa última quinta feira, dia 24 de março, o morador de rua Givaldo Alves, de 48 anos de idade, deu uma entrevista exclusiva para o site Metrópoles, e ele negou totalmente que o ato sexual entre eles tivesse sido criminoso. Givaldo contou que foi totalmente consensual, e que inclusive ela havia o convidado para entrar no carro.

Givaldo Alves relatou como aconteceu: “Eu andava pela rua e ouvi um grito: “moço, moço”. (…) Olhei para trás e só tinha eu. (…) E ela confirmou comigo dizendo: “Quer namorar comigo?”. (…) “Moça, eu não tenho dinheiro, sou morador de rua. Não tenho dinheiro nem para te levar ao hotel”. Então, ela disse: “Pode ser no meu carro”.

Após Eduardo dizer que sua mulher passava por um surto psicótico, de fato um lauda médico foi atualizado, aonde o médico retrata que a paciente tem surtos desde 2017. O relatório médico ainda cita “comportamentos inadequados, gastos excessivos, falso reconhecimento, doação de pertences, resistência em se vestir”.

Compartilhe isso:

TV MRNews Não perca também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.